Minha visita à Paraty aconteceu durante um daqueles festivais culturais que ocorrem na cidade durante o ano, a nona edição do Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco.

O festival contava com exposições, a maioria delas ao ar livre, feitas em forma de grandes instalações pela cidade, projeções noturnas, aonde filmes e imagens eram projetadas nas paredes das construções do centro histórico, workshops e entrevistas.

Visitamos também uma das exposições que estavam acontecendo em espaços fechados, chamada “Atenas, território ocupado”, na Casa Trata-se de Ficção (Rua do Fogo, 4). De Marcelo Camera e Paulo Viard, a exposição contava com fotos que retratavam a atual situação da Grécia em meio à crise econômica, além da projeção de um documentário de mesmo nome.

Como se não bastasse a cidade ser aquela coisa linda que é, nós caminhávamos em meio à essas instalações espalhadas por todos os cantos, respirando aquela atmosfera de arte, o que deixou Paraty ainda mais inesquecível para mim.

Dá uma olhada nas fotos, a cidade transbordava arte e fotografia em cada canto dela!

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Paraty em Foco
Banda de Reggae tocando durante a noite, na praça do Centro Histórico

Paraty em Foco

Paraty em Foco

Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

Deixe uma resposta