Quer saber como é o transporte público em Nova York ? Bom, aqui vão minhas impressões e dicas depois de usá-lo sem problemas durante minha estada na cidade.

Ao contrário da Flórida e da Califórnia, os outros lugares dos Estados Unidos que visitei, em NY é perfeitamente possível usar somente o transporte público para se locomover pela cidade. Fiquei hospedada fora de Manhattan, no Brooklyn, e eu consegui andar pela cidade inteira sem problemas e isso usando só o metrô, nem cheguei a precisar de ônibus. Para se ter uma ideia, somente perto da casa em que fiquei tinham 3 estações diferentes de metrô.

Aqui vão algumas dicas para você que, assim como eu, optou por conhecer Nova York sem ter que alugar um carro:

 

As linhas do metrô:

As linhas do metrô são várias e se estendem por praticamente toda a cidade. Essas várias linhas andam nos mesmos túneis, então quando você for entrar no vagão, repare se a letra que está na frente do trem ou nas laterais dele é a mesma letra da linha que você precisa pegar. Fora isso, veja também se está indo para o sentido que você quer, como é aqui no Brasil. Um exemplo: quando eu estava voltando de Manhattan para o Brooklyn, pegava a linha C Azul, sentido Downtown / Brooklyn. Quando estava fazendo o caminho inverso, pegava essa mesma linha C, mas sentido Uptown / Manhattan.

AQUI você pode ver um mapa da linha férrea da cidade e vai me entender melhor. Facilita muito você dar uma olhada no mapa de NY e saber para que lado o bairro para o qual você está indo fica, para parte de cima ou de baixo da cidade, para quando você ler as placas “uptown”, “downtown”, etc, saber para qual lado você precisa ir. Nesse mapa você também pode ver na lateral em quais estações você consegue fazer transferência para outras linhas.

Outra dica é baixar o aplicativo NYC Subway, ou ter um mapa impresso com você. Ajuda muito mesmo !

Mais um ponto importante: algumas linhas não funcionam em alguns dias ou horários específicos, isso aconteceu com a gente em um domingo que estávamos tentando chegar ao MOMA. Ficou meio confuso, desistimos de tentar entender que caminho fazer e em determinado momento decidimos pegar um táxi mesmo. Mas fora isso sem problemas nenhum na locomoção, mesmo de madrugada.

 

Para comprar o seu ticket de metrô:

Se você vai ficar andando loucamente pela cidade como eu fiz, recomendo o ticket ilimitado para 7 dias. Paguei $31 dólares nele e podia usar quantas vezes quisesse, tanto para ônibus quanto para metrô. Ele não pode ser dividido com mais ninguém, então tem um período de 18 minutos de intervalo entre uma vez que você passou pela catraca e ele ser liberado para uso de novo. No meu caso, fiquei 9 dias na cidade, então usei um bilhete ilimitado e nos outros 2 dias usei o mesmo cartão mas coloquei crédito somente para as viagens que eu iria usar ($3,50 cada viagem), aí não paguei por um cartão novo (custa $1 dólar cada cartão novo).

Aqui em baixo tem um vídeo que mostra como comprar o ticket nas máquinas do metrô, é bem fácil:

 

 

Para conhecer melhor as regiões da cidade, chegar e sair dos aeroportos:

Antes de ir eu li ESSE POST e ESSE POST do blog Rodei, e consegui entender um pouco melhor o que ficava aonde na cidade, o que facilitou eu “me achar” no metrô, como eu disse antes.

Também tem ESSE POST que achei legal para ajudar a entrar ou sair dos aeroportos da cidade. No meu caso cheguei de madrugada, por volta das 5:30 hs da manhã, e a minha primeira opção que seria o Shuttle Service só começava a rodar à partir das 8hs da manhã, então essa opção foi substituída pelo táxi mesmo.

Balanço final para quem está querendo andar de metrô por Nova York: pode ir tranquilo porque você não vai passar perrengue ! 😉

 

Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

Deixe uma resposta