Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim
A frase “O trabalho liberta”, que recebia os prisioneiros no portão de entrada

Sempre fui fascinada por história e a da Segunda Guerra sempre mexeu muito comigo. Por isso, quando estive em Berlim não pude deixar de conhecer o Campo de Concentração Sachsenhausen.

Construído em 1936, Sachsenhausen foi o primeiro campo construído para o confinamento, primeiramente de opositores do governo nazista e depois de judeus, e por onde passaram cerca de 200 mil pessoas. Com a derrota da Alemanha na Segunda Guerra em 1945, o campo foi tomado pelos Soviéticos e serviu de campo de prisioneiros para os mesmos até o ano de 1950 e depois do seu fechamento, foram encontrados milhares de corpos enterrados em valas comuns.

O Campo entrou na minha lista de lugares que conheci e que mais me emocionaram. É um programa para quem realmente está preparado psicologicamente para ele, porque sentir toda a emoção presente naquele lugar não é para qualquer um. Inclusive não recomendo o passeio para pessoas mais emotivas, sensíveis ou para crianças.

Andando pelas construções que foram mantidas e olhando os objetos expostos me senti imersa em uma quantidade enorme de sentimentos. É um lugar aonde me senti constrangida em sorrir para tirar uma foto. Na verdade, nem tive vontade.

Mas apesar de toda essa atmosfera que permeia o local, não foi um sentimento de tristeza que me invadiu, mas sim de respeito pela homenagem ali prestada à todas as vidas que foram perdidas naquele lugar. É como se fosse um lembrete de algo que não deveria nunca mais se repetir, em nenhum lugar do mundo.

Passeio recomendado para gerar reflexão, imperdível para os amantes de história.

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim
Descendo na estação de trem Oranienburg, o ponto de ônibus para o Campo bem em frente, é só pegar o 804 Gedenkstätte

Dicas Para Visitação:

De trem, pode-se chegar de Berlim à estação Oranienburg da linha S-Bahn em 30 / 40 minutos (não confunda com a estação de metrô de mesmo nome!). Depois disso você pode ir caminhando até o Campo em uma caminhada de uns 15 minutos (você vai encontrar placas de sinalização pelo caminho), ou pegar um ônibus na frente da estação de metrô, mas que demora para passar.

A visita é gratuita, mas não deixe de alugar o fone de tradução, que custa por volta de 3 euros e vem com um mapa do local para você conseguir se localizar por lá. Mas uma observação: esse áudio guia não tem a opção de português, somente inglês, italiano, alemão, holandês, francês e espanhol.

E se programe para passar facilmente das 3 h de visitação às instalações do Campo.

 

Memorial e Museu Sachsenhausen

Strasse der Nationen 22, 16515 Oranienburg

Aberto todos os dias à partir das 8:30h – De março à outubro até às 18 h e de outubro à março até às 16:30h

Email: info@gedenkstaette-sachsenhausen.de

http://www.stiftung-bg.de

 

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Campo de Concentração Sachsenhausen em Berlim

Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

2 Comments

  1. Amei seu post e suas fotos. Fiz esse passeio quando estive em Berlim e tb me emocionou demais.
    Tem uma saida com grupo do free walking tour, foi o que eu fiz, a guia era maravilhosa, super recomendo.
    Amei seu blog!!!!

    • tripfeeling.com Responder

      Oi Marcela, muito obrigada !! =)
      E foi mesmo emocionante o passeio… Não consigo descrever o que senti lá !
      Bjss !!!

Deixe uma resposta