Uma das instalações do Instituto Inhotim. Foto: Ricardo Jayme

Imagine um lugar onde é impossível não se encantar com o paisagismo perfeito, onde você pode ouvir pássaros cantando, pode sentar na grama e aproveitar a sombra das árvores para admirar a paisagem… Agora imagine que nesse lugar existam várias construções com design super modernos que abrigam instalações de arte contemporânea que te farão ter vontade de nunca mais ir embora. Pois esse lugar existe e é o Instituto Inhotim, na cidade de Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte.

Essa foi a minha viagem do último feriado e devo dizer que não consigo acreditar no tempo que demorei para conhecer esse que é o maior museu à céu aberto da América Latina, ele é simplesmente sensacional !

Com uma curadoria impecável na escolha das obras expostas lá, mesmo eu que sempre tive uma certa resistência à arte contemporânea saí de lá com essa minha visão totalmente mudada. Além da beleza visual das obras, a interação das construções e das próprias artes com essa paisagem deslumbrante fazem do Instituto Inhotim um passeio imperdível.

Para quem está programando uma visita ao museu, seguem algumas dicas:

 

Para quem ele é indicado ?

Para todos que gostam de arte e natureza, de todas as idades. Lá você vai ter que andar muito pelo extenso espaço onde está instalado o museu, mas para quem não curte muito caminhar, existem carrinhos elétricos que te levam de um local ao outro, é só você optar por eles na hora de comprar seu ingresso. Você vai pagar um valor extra e terá uma pulseirinha com uma cor diferenciada para poder pegar os carrinhos. Também é indicado para crianças, existem fraldários e vi várias delas se divertindo com algumas obras e correndo pelos espaços abertos. Só uma observação: tenha atenção às obras nas quais você vai levar as crianças. Algumas precisam de silêncio para que as pessoas possam ter uma imersão total, então se a criança é mais agitada, é melhor você optar por mostrar à ela outras obras, para não atrapalhar a visita das outras pessoas e nem a sua ! 😉

Fotos: Ricardo Jayme

Quanto tempo é necessário para conhecer todo o museu ?

Olha, eu acredito ter visto uns 90% das obras em 1 dia e meio. Ficaram algumas coisas para trás por falta de tempo, então acredito que 2 dias sejam o ideal, isso em um ritmo mediano. Agora, se você quer fazer tudo com muita, mas muita calma mesmo, sem nem olhar no relógio, reserve uns 2 dias e meio ou até 3, dependendo do seu ritmo. Por exemplo: lá existem restaurantes bem bacanas para quem quer parar, almoçar e curtir sem pressa o restaurante e a paisagem. Também o tempo que você vai ficar apreciando cada obra depende do que você tem disponível, fora o tempo de deslocamento entre uma instalação e outra, se você for fazer o percurso a pé como eu ou com os carrinhos, etc. Agora, se você tem um tempo determinado e acha que não conseguirá ver tudo, sugiro que você dê uma pesquisada antes nas obras expostas e faça uma lista do que quer conhecer primeiro, para não correr o risco de não ter tempo para ver o que mais te interessa.

Fotos: Ricardo Jayme

Onde comer ?

Existem alguns restaurantes e lanchonetes por todo Instituto e com variedade de valores também. Almoçamos por lá só no segundo dia e na nossa procura encontramos um restaurante aonde a fila de espera era de 7 mesas na nossa frente e o valor era de R$ 67,00 por pessoa sem bebidas e sem sobremesas. Acabamos optando por almoçar na pizzaria, onde você encontra uma pizza bem gostosa por R$ 8,00 a fatia em média. E sem ter que esperar tanto quanto no restaurante. Nas demais lanchonetes você só vai encontrar alguns salgados, lanches ou coisinhas do tipo.

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte
Dois dos restaurantes do museu

Onde se hospedar e Como chegar ?

Nós alugamos um carro e ficamos no primeiro e no último dia de viagem em Belo Horizonte. No dia em que iríamos visitar o museu, dormimos na cidade de Brumadinho, que fica a mais ou menos 1 hora de Belo Horizonte. O que acho melhor ? Bom depende do seu perfil. A gente acabou passando todas as noites em Belo Horizonte, aproveitando os bares e restaurantes da cidade, mesmo no dia em que dormiríamos em Brumadinho. Ou seja, nos arrependemos de não termos reservado todos os dias para dormir em BH, já que de carro poderíamos ir de manhã para o Instituto e voltar à noite para BH. Nós saímos do Instituto, tomamos banho no hostel de Brumadinho e fomos para BH, já que a cidade de Brumadinho é bem pequena e sem muitas opções que nos interessavam durante a noite.

Agora, se você não vai querer sair à noite, pode optar por dormir por lá mesmo, que é bem pertinho do museu, demoramos por volta de uns 10 minutos de carro do hostel até lá.

Se você não for alugar carro por lá, existem ônibus que fazem a linha BH – Brumadinho.

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Dicas Extras:

– Para quem for fazer mais de um dia de visita ao Instituto Inhotim, existem ingressos em que você já diz em quantos dias pretende visitá-lo, e eles acabam saindo mais barato do que comprar ingressos separados, um por dia. Fora isso, nos dias seguintes você não pega a fila da bilheteria, é só trocar a sua pulseira no guichê ao lado dela ou no guichê do estacionamento.

– Não se esqueça de passar protetor solar, porque apesar das muitas árvores, lá é um lugar aberto e bem quente. E com muitas árvores ao redor, não se esqueça também do repelente.

– Existem 2 piscinas no Instituto, e com o calor das caminhadas você pode querer dar um mergulho para se refrescar, então leve roupa de banho ! 😉

Instituto Inhotim Belo Horizonte
Uma das piscinas do Instituto

– Nós chegamos por volta das 15 hs no primeiro dia e não pegamos nenhuma fila para entrar. Compramos o ingresso para dois dias, chegamos cedinho no dia seguinte e já pegamos nossa pulseirinha no guichê do estacionamento sem fila nenhuma. Já na fila do guichê normal…. Estava gigante !!! Não sei se era por ser domingo, por ser feriado prolongado, mas tinha muita fila mesmo! Então para evitar isso, você pode fazer como nós e ir de tarde no primeiro dia ou se não tiver tempo para isso, comprar seu ingresso pela internet e agilizar o processo.

Dica valiosa: vista roupas e sapatos confortáveis, mesmo se você pretende fazer uso dos carrinhos na sua locomoção.

Para resumir a minha visita ao Instituto Inhotim em uma palavra: Sensacional !

 

Instituto Inhotim

Horários:

Terça à Sexta das 9:30h às 16:30h

Sábado, Domingo e Feriado das 9:30h às 7: 30h

Valores:

Terça e Quinta: R$ 25,00

Quarta (exceto feriado): Gratuito

Sexta, Sábado, Domingo e Feriado: R$ 40,00

Mais informações sobre como chegar, de carro ou de ônibus, AQUI

Mais informações sobre valores, AQUI

Mais informações sobre horários AQUI

www.inhotim.org.br

 

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte

Instituto Inhotim Belo Horizonte
Dá uma olhada nas pessoas me olhando lá do fundo e imagina o furdunço que a gente tava fazendo com essas letras!
Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

2 Comments

    • tripfeeling.com Responder

      Oi Grazi, tenho sim !!!! Esses últimos posts q estou escrevendo são só sobre lá… Vc queria alguma dica específica ??

Deixe uma resposta