Já ouviu falar da igreja decorada com ossos humanos, na República Tcheca? Ela fica na cidade de Kutná Hora, a umas 2h de Praga e é uma coisa realmente impressionante.

No hotel em que ficamos, nos recomendaram uma agência que fazia esse tour e, por conta da dificuldade de ir de trem ou ônibus, acabamos fechando com eles.

É em Kutná Hora que foi construída, há uns 700 anos, uma pequena igreja decorada com cerca de 40 mil esqueletos humanos – alguns desses esqueletos eram de soldados mortos durante batalhas na idade média, outros de pessoas mortas em decorrência da peste negra.

Apesar da igreja estar com muitas partes em um estado de conservação bem ruim, é difícil de explicar a sensação de estar em um lugar desses, ver aquela quantidade de ossos empilhados e misturados com imagens sacras. É uma coisa única.

Em relação ao tour, apesar do ponto positivo da comodidade de nos pegarem na porta do hotel, durante nossa primeira parada na cidade, na igreja de ossos, nos distraímos tirando fotos e vendo os detalhes de tudo e ultrapassamos os 15 minutos que o guia nos deu pra visitarmos o local. Preciso dizer o quanto o guia ficou bravo com a gente? Quando percebemos que não tinha mais ninguém do grupo na igreja fomos saindo, mas a essa altura o guia já estava vindo nos buscar, super irritado e sendo extremamente grosso com a gente. Conclusão, durante o resto do tour pela cidade nós ficávamos atrás dele, o tempo todo, pra não correr o risco de cometer a mesma gafe de novo. Coisa de quem nunca tinha feito visitas com guias… =/

Fora isso, achei tudo muito rápido. Gosto de olhar todos os detalhes com calma, tirar muitas fotos, apreciar o que estou vendo. Já com o guia, me senti fazendo uma maratona, quase que literalmente correndo.

Além dessa igreja, conhecemos também a igreja de Santa Bárbara, que é uma coisa incrível por dentro, com aquela arquitetura impressionante e rica em detalhes, própria das igrejas católicas do leste europeu.

Como balanço geral, eu amei a cidade, super charmosa e cheia de calma. Se for à República Tcheca, vale bastante a pena tirar um dia para conhecer a cidade de Kutná Hora.

A igreja de Santa Bárbara

 

Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

Deixe uma resposta