Imagem 

Existem os programas de fidelidade das companhias aéreas, como o Tam Fidelidade, o Smiles e o Tudo Azul, aonde você junta pontos a cada compra de passagens (os pontos adquiridos variam de acordo com o tipo da passagem e o destino), somente informando o seu número do programa na hora da compra.

Também quando usamos nossos cartões de crédito e algumas vezes mesmo o de débito, pontos vão sendo acumulados na sua conta e você pode transoformá-los em milhas, de maneira bem simples através do site do banco ou do cartão. No meu banco por exemplo não é preciso nem fazer cadastro, é só usar o cartão que os pontos vão sendo contados automaticamente, o que é bom porque não te dá trabalho nenhum participar, mas por outro lado as pessoas que não sabem que esse procedimento é automático podem não usá-los para nada, simplismente por não saberem que eles estão lá disponíveis.

Esses pontos podem ser trocados por vários brindes mas também podem ser convertidos para programas de milhas de companhias aéreas. As passagens de ida e volta da viagem que eu e meu namo fizemos para Buenos Aires no ano passado por exemplo foram pagas somente com as milhagens do cartão. Se você gostou da idéia, também pode considerar a idéia de pagar todas as suas contas, mesmo as contas do dia a dia ou aquelas coisinhas pequenas no cartão, para acumular o máximo de pontos possíveis.

Nós conseguimos as 4 passagens sem ter que pagar nada por isso (só as taxas, claro) porque compramos com bastante antecedência, outro ponto importante pra se conseguir fazer um bom uso dessas milhas (isso quer dizer no mínimo 3 meses de antecedência). Fora isso, passagens para feriados ou datas “normais” também podem ter preços diferentes e também é legal ficar sempre atento pois assim como são feitas promoções para pagamento em dinheiro, também são feitas promoções para o programa de pontos.

Além de termos juntado milhas com o cartão, também juntamos com o programa Km de Vantagens do posto Ipiranga, do qual o Danilo também participa, e tudo o que ele abastace nos postos da rede também se tranformam em pontos que podem se transformar em milhagens. Existem também programas como o Multiplus Fidelidade, no qual você pode juntar pontos de várias outras formas além de abastecendo o carro.

O ideal é prestar atenção e dar uma pesquisada antes de usar as milhas para comprar um vôo e ver se esse mesmo vôo que você está querendo não está em promoção em alguma outra companhia aérea, porque aí vai compensar mais você pagar em dinheiro o vôo em promoção e guardar as milhas para uma outra viagem.

Outro fator é considerar se o vôo que você está querendo compensa ser comprado com milhas. Se for um vôo doméstico, em uma distância relativamente curta (mais barata), pode compensar mais pagar por esse vôo e usar as milhas em um vôo mais longo, e que se for pago em dinheiro sairá mais caro.

Gosto muito desses programas de milhagens porque são gastos que você já teria normalmente, com cartões, combustível, etc, então se você pode converter em algo para o qual você possa usufruir, ótimo, né ?

Autor

Juliana Rosa é apaixonada por viagens, esportes, arte, música e criatividade em geral e conta aqui no blog um pouco das suas andanças.

Deixe uma resposta